BIOGRAFIA

Christina María Aguilera (Nova Iorque, 18 de dezembro de 1980) é uma cantora, compositora, produtora e atriz norte-americana, ganhadora de quatro prêmios Grammy, um Latin Grammy e indicada ao Globo de Ouro. Iniciou sua carreira na televisão, em 1990, aparecendo no programa de talentos americano Star Search, e depois entrou para o campeão de audiência da época, The Mickey Mouse Club, onde ficou entre 1993 e 1994. Ela foi contratada pela RCA records, em 1999, após de cantar "Reflection", canção do filme Mulan.


Aguilera já vendeu mais de 55 milhões de álbuns. Christina alcançou o topo das paradas mundiais diversas vezes, incluindo a Billboard Hot 100. Dentre seus maiores sucessos estão "Genie In a Bottle", "What a Girl Wants", "Come on Over (All I Want Is You)", "Lady Marmalade", "Dirrty", "Beautiful", "Ain't No Other Man", "Hurt" e "Not Myself Tonight". Fez sua estreia no mundo da música em 1999, com o álbum Christina Aguilera, pela RCA, que obteve uma alta receptividade e se tornou sucesso imediato vendendo mais de 18 milhões de cópias - ganhando vários prêmios, incluindo o Grammy de artista revelação (que desbancou Britney Spears) - devido a inovação de colocar o Teen Pop em sintonia com uma voz poderosa, que lembrava as grandes divas do R&B, algo até então inédito. A partir de seu segundo álbum de inéditas, Stripped - que vendeu mais de 15 milhões de cópias, Christina passou a mesclar seu convencional Pop com raízes da música Afro-Americana, como o Jazz, Soul, R&B e Hip Hop tornando-se cada vez mais evidente sua íncrivel capacidade e extensão vocal. Também possui grande influência latina, gravando um cd inteiramente em Espanhol - Mi Reflejo.Trabalhou também, experimentalmente com a música eletrônica, no seu último cd "Bionic", que obteve baixa receptividade comercial para uma artista de seu calibre e críticas mistas, vendendo cerca de 700 mil de cópias. Para cada divulgação de um álbum de estúdio, ela criou um alterego sendo elas Xtina (Stripped e Bionic) e BabyJane (Back to Basics). É Ganhadora de importantes prêmios da música como Grammy Awards, MTV Video Music Awards, MTV Europe Music Awards, Billboard Music Awards, Billboard Latin, World Music Awards, entre vários outros.


Em 2008, Aguilera foi incorporada na lista dos "Cem melhores cantores de todos os tempos", realizada pela renomada revista Rolling Stone, ocupando a 58ª posição, sendo a cantora mais jovem a entrar nessa lista. Em 2009 foi considerada umas das 50 pessoas mais bonitas do mundo pela revista People. Christina também foi considerada umas das mulheres mais bonitas do mundo segundo a revista Maxim.


Trabalhou ao lado da premiada cantora e atriz Cher, na divulgação do musical Burlesque, lançado em 24 de novembro de 2010 nos Estados Unidos e Canadá. Em 2010, Christina foi nomeada pela ONU como Embaixadora Oficial Contra Fome e foi homenageada com uma estrela na Calçada da Fama.


Atualmente, trabalha ao lado Cee Lo Green, Adam Levine e Blake Shelton no reality show The Voice da NBC, que estreou em Abril deste ano.


BIOGRAFIA

Christina Maria Aguilera nasceu em Staten Island, Nova York, em 18 de dezembro de 1980, e cresceu em Pittsburgh, nos subúrbios de Wexford, Pensilvânia. Filha de Fausto Wagner Xavier Aguilera, um militar equatoriano, e Shelly Loraine Fidler, uma tradutora de espanhol e violinista de ascendência irlandesa. Como seu pai era militar, sua família sempre estava de mudança. Chegaram a morar no Texas, na Flórida, no Arizona e até mesmo no Japão. Tudo isso em seus 6 primeiros anos de vida, portanto Christina sempre tinha problemas em se adaptar. Nesta mesma época, nasceu sua irmã, Rachel. Quando Christina completou 7 anos de idade, Shelly se divorciou, e levou-as para a casa de sua avó, em Rochester, na Pensilvânia, uma cidade nos arredores de Pittsburgh com a esperança de reconstruir suas vidas. De acordo com Christina e sua irmã, o pai delas era controlador e abusador emocional e psicológico. É possível percerber, Christina cantando sua dificuldades da infância em músicas como "I'm OK" do álbum Stripped, e "Oh Mother" de Back to Basics. Shelly ainda se casou novamente, com o paramédico Jim Kearns e trocou seu nome de Shelly Aguilera para Shelly Kearns. O padrasto de Aguilera era viúvo e pai de dois filhos: Stephanie e Casey. Mais tarde, Shelly e Jim tiveram um filho: Robert Michael.


Desde que aprendeu a falar, Christina dizia que queria ser cantora, ela cresceu admirando artistas como Cher, Etta James, Billie Holiday, Ella Fitzgerald, Judy Garland, Lena Horne, Barbra Streisand, Otis Redding, Madonna, Marvin Gaye, Gladys Knight, Patti LaBelle, Donna Summer, Minnie Riperton, Nina Simone, Bessie Smith, Whitney Houston, Mariah Carey, Stevie Wonder e Aretha Franklin, e foi sua avó Delcie Fidler que descobriu o talento vocal de Christina. Quando criança, Aguilera aspirava ser uma cantora, cantando em shows de talento locais e competições, sendo reconhecida localmente como: "Garota do vozeirão". Este rótulo se tornou um problema na vida da garota e, principalmente, nos demais concursos em que ela entraria. Quando os outros concorrentes sabiam que ela estaria participando simplesmente desistiam e os pais destas crianças não gostavam do que ocorria. Aguilera passou a ser perseguida e menosprezada. E a proporção dos ataques à pequena notável foram aumentando, chegando a atos de vandalismo em sua casa, depredações e até mesmo atentados ao carro da família. Isso fez com que sua familía se mudasse para outro subúrbio de Pittsburgh (dessa vez Wexford), e mantiveram segredo sobre o seu talento. Aos nove anos, era a cantora oficial do hino nacional dos Estados Unidos, "The Star-Spangled Banner", e a cantora oficial da equipe de futebol americano dos Pittsburgh Steelers e da equipe de hóquei Pittsburgh Penguins. Em quinze de março de 1990, ela apareceu no programa Star Search, cantando "A sunday kind of love", mas, perdeu a competição ficando em 2º lugar. Depois de perder aquela competição, ela participou de um programa local cantando a mesma música, fazendo com que as pessoas comentassem que apesar dela ter dez anos, sua voz era de vinte. Com o sucesso de sua apresentação, foi convidada novamente. Desta vez, cantou "Vision of Love", o primeiro single de Mariah Carey, causando espanto por alcançar todas as notas, incluindo o famoso agudo, marca registrada de Carey.


Com 11 anos, Christina fez um teste para o elenco infantil da Disney e passou, porém não entrou no programa desejado devido a sua idade. Um ano depois Christina conseguiu o que queria. Em 1993, entrou no famoso programa "The Mickey Mouse Club". O elenco era composto por Britney Spears, Justin Timberlake, JC Chasez (ambos futuros integrantes do *NSYNC), Rhona Bennet, Ryan Gosling e Keri Russell (futura protagonista do famoso seriado Felicity), que ganhou o posto de, além da própria Christina, diva do programa depois de apresentar "I Have Nothing", clássico de Whitney Houston. Em 1994 o programa acabou. Christina passou a gravar fitas demo e enviar para gravadoras. Através de pequenos contratos, Christina Aguilera começou a viajar pelo mundo mostrando suas habilidades musicais e chegou a gravar um dueto com o pop star japonês Keizo Nakanishi, chamado "All I Wanna Do". Participou do clipe e saiu em turnê pelo Japão acompanhada pelo cantor. Durante a turnê, quase causou um incidente no Golden Stag Festival, na Pensilvânia, ao descer do palco e cantar duas músicas no meio da platéia de aproximadamente 10.000 pessoas.








Fonte: Wikipédia